Por outro lado, a imagem do plano de fundo foi feita pela Curiosity Mars Science Laboratory em 08 de setembro de 2012 no 33º dia após o pouso na superfície de Marte observando-se o solo marciano como jamais foi visto. E também não é bobagem...
Image credit: NASA/JPL-Caltech/MSSS.

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Envelhecimento: Reflexões e Sugestões

Este é um assunto complexo e sobre o qual tenho convicções e dúvidas, muito pessoais e sem qualquer restrição para me expressar.
Vejamos:
Eu tenho dúvidas do real conceito de envelhecimento, que os nossos governantes insistem em chamar de terceira idade. Quantas idades nós temos?
Eu não sei o que é terceira idade e conseqüentemente sua definição.
Eu não sei se a terceira idade é aquela que antecede a quarta, a quinta e a sexta e assim por diante.
Caso a terceira idade seja sinônimo de velhice, de "melhor idade", ou idade madura, então é cretinice pura, pois a melhor idade é aquela que está muito aquém de tudo isto.
E o que é velhice?
Existem pessoas com 40-45 anos que são literalmente velhas e outras com 80 que são quase juvenis.
As doenças degenerativas são preveníveis desde que, precocemente se previna a senilidade.
Ser velho é poder se "matricular" numa casa de repouso?
E quem disse que velho precisa repousar?
Quem foi que disse que a idade cronológica define a condição senil?
A terceira idade ou melhor idade ou senilidade ou velhice é uma condição mental ou espiritual da qual devemos nos manter muito muito muito longe.
Invente uma idade, um momento que tenha sido excepcionalmente bom em todos os aspectos na sua vida. Fixe este momento, registre o ano e faça as contas. Eu por exemplo escolhi 1980 e aí você terá a sua idade definitiva.
A minha idade por tudo que você já leu é 28 anos, porque:

Assim eu me sinto.
Assim eu penso.
Assim eu raciocínio.
Assim eu ajo.
Não sou sedentário.
Não durmo depois do almoço.
Não tomo sopa.
Não sinto frio.
Não sou obeso.
Não tenho dores.
Não tomo remédios.
Nunca estive doente.
Como de tudo e quanto quero (menos porcaria).
Acordo às 5 da matina para exercícios diários.
Trabalho 12 horas por dia.
Subo e desço em árvores.
E portanto:

Vá ao seu médico de confiança (aquele que sabe o seu nome, não o número da sua carteirinha) pelo menos uma vez por ano.
Não se importe com os cabelos; pintar nem pensar. Se eles não mais existirem é porque eles caíram de tanto você pensar.
Não encontre os amigos para tomar chá (chá é coisa de velho) se for no Shoping pior ainda.
Nunca leve o cachorro para passear. Vá caminhar e leve o cachorro como companhia, mesmo porque é você quem decide para onde vai.
Nunca espere elevador para subir menos de 6 ou 7 andares. Ë vergonhoso entrar no elevador e pedir: 2º andar.
Nunca aceite a condição de ocupação Aposentado. Os dicionários fazem referência ao aposentado como “que deixou de trabalhar por falta de saúde ou por ter atingido o limite de idade”.
Não aceite carteirinha para andar de ônibus ou metrô de graça (o governo é hipócrita).
Não pague meia entrada no cinema, você é uma pessoa INTEIRA.
Não entre em filas para pessoas “especiais” pois você é especialíssimo; fique de pé 30, 40, 50 minutos, sofra junto com os outros xingue o responsável pela fila, resolva a questão por conta própria, no grito, no braço se precisar, você é respeitado, não telefone para o 180 (a Polícia vai te decepcionar).
Os filhos dos teus filhos devem passar a ser seus SOBRINHOS (o que evidente faz seus filhos tornarem seus irmãos mais novos), pois avô passou a ser uma condição senil “aquele vôzinho coitadinho”. Converse com as crianças, elas são inteligentes e compreenderão o seu ponto de vista, peça para elas te chamarem pelo seu nome, como todas as pessoas te chamam.
Brinque com os sobrinhos exatamente como você sempre brincou, esconda-se suba nas árvores, corra, entre em baixo da cama, tome banho de esguicho, consiga um estilingue, quebre o vidro da janela do vizinho, abra a porta do galinheiro, enfim mostre para as crianças que você é diferente daquele outro avô delas. Isto te deixará muitos anos mais jovem.
Assim verá que você funciona 100%.
Portanto eu não posso ter mais do que 28 anos, pois nasci em 1980, ano que vem vou nascer em 1981 depois em 1982 e assim estarei sempre com 28. Simples Não?
Tudo que está aqui escrito eu posso provar, apenas...
Se quiser ver meu documento de identidade, ele tem um terrível equívoco; lá está escrito que eu nasci em 1943.

8 comentários:

Marcelo Tuca Hernandes disse...

Genial! A data de nascimento do meu pai corresponde, infelizmente, àquela que está na identidade dele: 1939 - sim, ele é o típico vozinho. Taí, gostei da idéia de ter sempre a mesma idade. Mesmo tendo nascido em 1974, me espanto um bocado ao ver meus antigos amigos com a mesma idade, boa parte agindo como tiozinhos, em nada lembrando aqueles jovens de 28 anos - idade aliás que também acabei por adotar pra mim, daqui por diante! Abraços e parabéns pelo blog, Dr. Leonardo. Faz bem pra cabeça visitar aqui.

Anônimo disse...

Amei seu Blog...........

Eu vivo do meu jeito..........com 64 anos nunca fiz uma cirurgia.....agora que nasceu meu primeiro Neto.....
Estou em NY na casa de minha filha......Ingles passou longe de mim mas ja e a 2 vez que venho , sozinha e as minhas custas......me comunico do meu jeito....tenho saude mas sou meio devagar na comunicacao.........entro no Orkut......Lourdes da Silva Nogueira.......dasilvanogueira@uol.com.br
Vou voltar aqui sempre

Ruiva disse...

Sensacional!
Acaba de ganhar mais uma leitora!

Claudio Costa disse...

Muuuito bom. Outro dia li: "Você nasceu sem pedir e vai morrer sem querer. Portanto, aproveite o intervalo!". É o que faço, aproveito e estou vivo. Sonho e estou vivo. Procuro, pergunto, sou curioso, quero mais: e estou vivo. Tá bão dimais....

Heloísa disse...

Leonardo,
Minha certidão de nascimento comete um erro maior do que a sua. Nõ sinto ter a idade que ela marca, mas também não me coloco com idade abaixo dos "enta".
Achei interessante a denominação que recebi, uma vez, em Portugal : jovem idosa.
Sou, também ultra-ativa, gosto de fazer descobertas. Tanto que, sozinha, criei três blogs, aprendi a escanear e, dia a dia, tento me aprimorar como blogueira.
Já recebi sua visita no meu primeiro blog: blogdavovohelo.blogspot.com
Gostaria também que visitasse os outros: helofoto.blogspot.com
heloisaaprendiz.blogspot.com

Elisabeth Lorena disse...

Olá, de novo,
Olá, minha mãe adotiva - melhor, minha irmã mais velha - nunca aceitou que filho nenhuma chamasse de Mãe.É Nãno, apelido de inf^nacia, adquirido porque os manos menores não conseguiam fala Leonor.
Nâno é viva e objetiva. Não sabe que só tem 15 anos - no documento consta que completa 81 anos em 2009 - arruma a cerca do sítio, onde mora.Faz comida, apesar do médico lhe dizer para dormir a tarde.
Não tem netos, nem bisnetos, é Nãno para todos.
Crochê e trico faço eu.Ela odeia a cadeira de balanço - que lhe deram no Natal - fica no quintal, tomando chuva.
Corre atrás das galinhas e brinca de esconder com o cachorro, arranca as folhas secas das árvores do quintal com um arpão e sorri quando agente pergunta se não se cansa.
Deito - me as 22:00 hs e ela conversa até as 2:00 com as meninas da rua.
Levanto morta as 5:00 e ela já alimentou a bicharada toda.
Nunca cansa.
Acho que vou prestar mais atenção nela, quem sabe eu, que nasci em 1971, possa aordar a semana que vem com 22 anos?
Obrigada por me fazer pensar.As vezes o exemplo de casa só pode ser absorvido quando olhamos para fora da janela.
Parabéns.
Betina

Trika Lopes disse...

Concordo plenamente com as suas palavras e fui convidada a conhecer o seu blog porque mesmo de longe já sabe como penso...

É isso aí! A idade esta na cabeça de cada um e não necessariamente no RG.

Agora sigo seu blog e passarei por aqui mais vezes.

Abraços

Anônimo disse...

Adorei o seu Blog, eu tambem sou sexy, mas não me sinto nem um pouco uma velha edigo sempre "Eu não tenho idade, eutenho é vida"!
Você é uma pessoa especial.
Visitarei sempre o seu blog, porque ele tem um astral maravilhoso!
Maria Celia Christo