Por outro lado, a imagem do plano de fundo foi feita pela Curiosity Mars Science Laboratory em 08 de setembro de 2012 no 33º dia após o pouso na superfície de Marte observando-se o solo marciano como jamais foi visto. E também não é bobagem...
Image credit: NASA/JPL-Caltech/MSSS.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Envelhecimento, alimentação e exercício físico

É sabido que muitas pessoas após uma certa idade, por preguiça ou por querer emagrecer começam a se alimentar de forma inadequada muitas vezes levando a conseqüências desastrosas do ponto de vista nutricional e de saúde.
A idéia e alertar esta população para os riscos de uma alimentação inadequada, quando o objetivo é emagrecer.
Esta proposição induz a uma restrição calórica, que na pessoa com mais de 60 anos provoca sem dúvida perda de peso, porém por perda de gordura e massa muscular o que vem trazer a curto e médio prazo, grandes prejuízos. Este tipo de problema é facilmente resolvido com a associação de exercícios físicos programados o que fará com que o paciente perca peso à custa de gordura e até mesmo aumentando sua massa muscular.
A partir dos 40 anos de idade o organismo tende a trocar massa muscular por tecido adiposo, intensificando esta troca depois dos 60 anos.
Concomitantemente a perda de massa mineral óssea atinge tanto homens quanto mulheres, porém ocorre mais precocemente nestas últimas, iniciando por volta dos 45 anos, também muito beneficiada pela prática de exercícios físicos.
A deteriorização do aparelho locomotor pode trazer problemas muito sérios, sendo que não é raro observarmos idosos sem doenças graves, com limitações de mobilidade praticamente não conseguirem se locomover por serem simplemente sedentários.
A forma mais eficiente e natural para manter a vitalidade do aparelho locomotor é a prática de exercícios físicos adequados e orientados por profissional da área, que vai prescrever exercícios aeróbicos e de resistência com objetivo de manter ou recuperar massa muscular, óssea, problemas de memória, concentração, equilíbrio, atenção e até mesmo transtornos psicológicos. É evidente que uma avaliação médica preliminar é obrigatória e vai estabelecer os limites, que são sempre individuais.
As questões referentes a alimentação, dieta, medicamentos e outros, foram comentadas no post de 16 de janeiro de 2009.
Continuamos semana que vem...

2 comentários:

Andrea disse...

Bom Dia,
Fui indicada pela Sam.
Tenho um cunhado de 13 anos que está com púrpura a indicação médica de Fortaleza é tirar o baço.
O senhor tem conhecimento nessa área que possa dar uma opinião?
obrigada
Andréa

andrea disse...

Obrigada pela atenção.